Portal JNMT
Portal JNMT
ARTIGO

Papel médico como instrumento de saúde

Data: Quinta-feira, 20/10/2016 00:00
Autor(a): Rubens Carlos de Oliveira Júnior
Sobre Autor(a): É médico anatomopatologista e presidente da Unimed Cuiabá

Entre as carreiras profissionais mais disputadas até hoje ainda está a Medicina. Por que tanta gente quer ser médico? Ano após ano, a área é a mais concorrida entre jovens em vestibulares e processos seletivos em todo o país.

 

Por outro lado, a população continua carente desses profissionais. O número de médicos aumenta, as tecnologias em equipamentos e medicamentos evoluem, mas não temos segurança para afirmar que a saúde está vencendo a batalha contra as doenças.

 

A cada ano cresce o índice de obesidade, doenças crônicas e outras complicações de saúde. Enfermidades que foram debeladas há tempos retornam impondo riscos. Um médico vocacionado para o ofício tende a se sentir frustrado.

 

A Medicina aliada ao cuidado e prevenção é sinônimo de saúde. E é exatamente isso que um verdadeiro médico deseja. Ele almeja saúde. Queremos que as pessoas conheçam seu corpo e saibam de que maneira ele funciona melhor.  É nossa responsabilidade compartilhar com o paciente tudo aquilo que os anos de estudo e dedicação nos ensinaram.

 

O tão sonhado jaleco branco deve ser mais que uma roupa de trabalho. Ele é também um instrumento de transformação. Nós, médicos, podemos mudar a visão de nossos pacientes a respeito da qualidade de vida, alimentação e hábitos mais saudáveis. Temos como dever não só cuidar do paciente quando ele está doente, mas evitar que isso aconteça.

 

A Cooperativa de saúde que presido é composta por mais de 1,3 mil médicos, que são responsáveis por mais de 220 mil vidas em Mato Grosso. Fazemos parte de um Sistema, no qual cada singular é autônoma e livre para tomar suas próprias decisões. Como nova visão, enxergamos a necessidade de cuidar de nossos pacientes, antes deles precisarem de nossos serviços. Isso é prevenção. Isso é saúde.  Isso é respeito à vida. Essa é nossa função de médico. É para isso que dedicamos nossa vida.

 

PUBLICIDADE