Portal JNMT
Portal JNMT
ARTIGO

Estamos envelhecendo: o que fazer para minimizar seus danos

Data: Sexta-feira, 28/10/2016 00:00
Autor(a): Dra Wania Monteiro
Sobre Autor(a): É nutricionista da Più Vita

O envelhecimento é um processo fisiológico onde a velocidade de formação dos tecidos conjuntivos (músculo – osso – cartilagem) diminuim, fazendo com que haja uma perda parcial do volume e funcionalidade destes. O termo Sarcopenia, derivado do grego (sarkpenia – sark=carne /penia=perda), diz respeito à perda de massa muscular levando, como conseqüência, à uma diminuição da sua função.

 

A Sarcopenia faz parte do processo fisiológico do envelhecimento, iniciando-se de maneira mais marcante após a 4ª e 5ª década da vida( 40 a 50 anos), sendo um processo multifatorial, podendo ser citados os déficits hormonais do envelhecimento, o déficit proteico alimentar, a baixa atividade física além da co-morbidade desencadeada por doenças como o Diabetes, o Hipotireoidismo, erros do metabolismo, doenças de má absorção, doenças imunológicas etc.. Em um adulto normal estima-se que a perda de massa muscular ocorra na proporção de 1 a 2% ao ano, podendo esta ser diminuída com medidas preventivas.

 

Se levarmos em consideração estes valores descritos em inúmeros trabalhos da literatura, podemos aceitar que na 8ª década da vida o idoso terá somente 50% de sua massa muscular da juventude. A Sarcopenia influencia diretamente na vida cotidiana do idoso. Uma perda de massa muscular implica em uma menor capacidade para a realização de tarefas do dia a dia, bem como uma menor capacidade de equilíbrio em terrenos acidentados (ruas com desníveis e buracos), causando uma tendência a quedas, o que explicaria a grande quantidade de fratura em idosos. Tentar prevenir a Sarcopenia do idoso é uma proposta válida, que com certeza implicará em uma melhora da qualidade de vida no decorrer do envelhecimento.

 

Uma alimentação correta ou, por vezes, uma suplementação alimentar com maior aporte proteico e vitamínico, associada à atividade física com exercícios de resistência pode prevenir, ou mesmo reverter quadros de sarcopenia fisiológica. Prevenir a Sarcopenia do envelhecimento significa melhor qualidade de vida.

 

É necessário que tenhamos um bom programa de exercícios elaborado e orientado por um educador físico, um nutricionista para orientar na alimentação correta e suplementação e um médico geriatra para acompanhamento das patologias existentes e a prevenção.

 

 

PUBLICIDADE