Portal JNMT
Portal JNMT
ARTIGO

Esporte e água quente

Data: Quinta-feira, 09/03/2017 00:00
Autor(a): Maria Rita Ferreira Uemura
Sobre Autor(a): É jornalista

O turismo na natureza é, sem dúvida, uma grande oportunidade para qualquer região que apresente o mínimo de vocação. Pois não é preciso desmatar florestas, apenas oferecer uma estrutura básica para visitação como acesso, alimentação e hospedagem.

 

Com o tempo, a própria comunidade passa a perceber como se adequar para receber os turistas e investe em mais estrutura, capacitação e divulgação.

 

Este final de semana faremos um evento esportivo envolvendo corrida em trilha e mountain bike na região do Vale Abençoado, vizinho ao Parque Estadual das Águas Quentes em Santo Antônio de Leverger.

 

Uma região belíssima, com mata preservada, muitos morros, riachos e uma comunidade que adora uma boa conversa. São dezenas de pequenas chácaras, onde os moradores possuem lavouras para subsistência e pequenas criações. Produzem leite, mandioca, queijo, doces, banana, verduras e aves. Muitos se mudaram para lá em busca de uma vida tranquila em um lugar calmo e belo.

 

O turismo é uma vocação da região. Tanto que em seu entorno está estabelecido um dos ícones do setor: o Hotel Mato Grosso Águas Quentes. Apesar da enorme visitação que o atrativo recebe de todo o estado e do país, praticamente ninguém que vai ao hotel percorre o entorno. Os turistas perdem uma grande oportunidade.

 

Acredito que a realização do evento abrirá uma grande oportunidade para a região. Serão mais de 700 atletas do estado e também de todo o Brasil. Conhecendo um lugar espetacular e tendo a oportunidade de aliar a prática esportiva ao relaxamento em águas termais. Os participantes irão correr e pedalar pelas estradas tortuosas e trilhas que levam a cachoeiras.

 

Subidas difíceis e descidas velozes irão levar os competidores ao limite. Depois, cansados poderão entrar nas piscinas e relaxar com a sensação de dever cumprido. Resumindo, mais que uma prova uma verdadeira experiência que irá mexer com todos os sentidos. 

 

Depois do evento, da sementinha plantada, com certeza a região não será mais a mesma. A menos de 100 quilômetros de Cuiabá, o Vale Abençoado se tornará figurinha fácil como substrato para os mais diversos treinos e passeios. Aí começa o envolvimento da comunidade.

 

O entendimento de que aquela visitação não irá atrapalhar em nada o cotidiano, pelo contrário, irá propiciar um incremento na renda. A venda de produtos locais, cobrança de ingresso para visitação das cachoeiras, serviço de estacionamento e estrutura de banheiro, lanches, bolos, queijos. Enfim, uma infinidade de pequenos negócios podem ser estruturados e alavancar o desenvolvimento sustentável da região.

 

PUBLICIDADE