Portal JNMT
Portal JNMT
NOTICIAS

#Grupo de Lima diz que não vai reconhecer novo mandato de Maduro

Data: Sábado, 05/01/2019 20:02
Fonte:
Foto: Reprodução

Os representantes do Grupo de Lima assinaram nesta sexta-feira (4) uma declaração em que não reconhecem o novo mandato do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, marcado para ter início no próximo dia 10.

O México, agora sob o comando do presidente de esquerda, Andrés Manuel López Obrador, foi o único que não assinou o documento.

O evento teve a participação do ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, no seu primeiro compromisso oficial fora do Brasil. 

Entre alguns pontos da declaração estão o reconhecimento pleno da Assembleia Nacional, eleita em 6 de dezembro de 2015, mas que tem sido esvaziada pelo governo, por ser composta majoritariamente por opositores.

Os países signatários, porém, rejeitaram a ideia de uma intervenção internacional na Venezuela, apesar de considerarem que o governo de Caracas está promovendo uma ruptura na democracia.

Os 13 integrantes restantes do Grupo Lima, que incluem Canadá, Brasil, Argentina, Colômbia, Chile e Peru, disseram que não reconheceriam o novo mandato de Maduro porque a eleição do ano passado foi "ilegítima", segundo o comunicado conjunto.

A Venezuela realizou eleições municipais para escolher cerca de 2.500 vereadores no domingo (9), mas o principal partido de oposição boicotou a votação e a apatia generalizada manteve a maioria das pessoas em casa em um momento de crise econômica devastadora.

 

 

 

  • Eugenio Goussinsky, do R7, com Reuters
PUBLICIDADE