Portal JNMT
Portal JNMT
NOTICIAS

#Prefeito é investigado por suspeita de fraude em licitação e tem bens bloqueados em MT

Data: Quarta-feira, 10/07/2019 19:50
Fonte: Por G1 MT
Foto: Reprodução

O prefeito Jeferson Ferreira Gomes (DEM), de Comodoro, a 677 km de Cuiabá, é investigado por suspeita de fraude em licitações. A Justiça determinou o bloqueio de bens dele.

G1 não conseguiu contato com a defesa dos suspeitos, nem com a empresa citada na ação.

De acordo com ação movida pelo Ministério Público Estadual (MPE), Jeferson teria beneficiado a empresa M. Gisselda Spader Eireli ME e seus sócios Maria Gisselda Spader e Luccas Spader, em processos licitatórios.

A empresa teria vencido quatro licitações. A suspeita é que todas tenham sido fraudadas. As licitações teriam sido "montadas" e direcionadas, com o objeto a realizar serviços desnecessários e superfaturados.

Tais serviços licitados deveriam ser prestados pelo município, pois “se tratam de práticas rotineiras e de natureza acessória, sem maiores conhecimentos técnicos”.

Dessa forma, o MPE solicitou à Justiça, a condenação do prefeito por improbidade administrativa. Entretanto, foi decretada apenas a indisponibilidade de bens no valor de R$ 403 mil.

Neste caso, o pedido de afastamento foi negado. Porém, no dia 24 de junho deste ano, Jeferson e as secretárias de Saúde e de Finanças, Ana Maria Ramazotti Beduschi e Adriana Guimarães Rosa, respectivamente, foram afastados dos cargos.

Eles são acusados de favorecer uma servidora comissionada que foi convocada a assumir cargo efetivo de assistente administrativo.

 

De acordo com o MPE, o prefeito é recorrente em atos de improbidade administrativa.

“São diversas as práticas levadas a efeito pelo gestor no intuito de malversar o dinheiro público em prol de seus interesses particulares", diz trecho da ação.

PUBLICIDADE