quarta, 18 de maio de 2022

COLUNA

Treinar é necessário

Data: Quarta-feira, 11/05/2022 15:07

Quando criança, ao aprender a andar de bicicleta, você começou a conduzi-la de forma rápida na primeira tentativa? Creio que não. Tivemos que andar e cair; andar e cair, e assim sucessivamente.

Quando você tentou andar de bicicleta, o primeiro passo foi desejar aprender andar sobre ela. Tudo começa pela sua iniciativa: se você desejar aprender a controlar as suas emoções e a sua vida, isso é de suma importância. Por outro lado, se não tomar a iniciativa e se não desejar aprender, consequentemente, ficará na inércia.

O segundo passo é dispor de todos os instrumentos necessários para que você consiga andar de bicicleta. Para andar de bicicleta é preciso ter um brinquedo e todos os seus acessórios. Para aprender a controlar as emoções você precisa ter todos os instrumentos necessários e técnicas para aplicar em sua vida.

O terceiro passo para andar de bicicleta é estar preparado para cair. É claro que ninguém quer ser um derrotado na vida, ninguém quer cair; todos nós desejamos ser felizes. Saiba que, assim como andar de bicicleta, temos que estar preparados para cair na gestão de nossas emoções.

O quarto passo é saber que ao cair é provável que tenhamos cicatrizes. Ao tentar lidar com as emoções, da mesma forma, devemos saber que podem ocorrer cicatrizes em nossas vidas. Quem sabe, poderemos nos machucar de forma profunda. Mas é importante que você se lembre de que tudo nesta vida passa.

O quinto passo é termos a consciência que, se cairmos, devemos nos levantar. Quando se lida com as emoções, temos que ter a clareza de que ao tentar vamos cair e que, ao cair, devemos nos levantar. Não importa a quantidade de vezes que caímos nesta vida, o mais importante é saber quantas vezes já levantamos pelas quedas que tivemos.

O sexto passo é tentar e treinar sempre. Não existe uma forma de aprender a andar de bicicleta apenas lendo livros e assistindo a vídeos. Você precisa treinar a dominar a sua mente para aprender a lidar com as suas emoções. É indispensável ter muita prática e muito treino para conseguir ser um doutor da emoção.

Que possamos entender que os passos descritos são apenas para nos conduzir nos trilhos corretos da emoção, o que nos levará para um caminho mais seguro e tranquilo. É necessário treinar constantemente, para que possamos conseguir êxito ao lidar com as emoções.

Autor: Francisney Liberato
Sobre o autor:
Francisney Liberato é auditor do Tribunal de Contas.