JNMT - A credibilidade da notícia
NOTÍCIA

JBS retoma operação de unidade da Friboi no Mato Grosso

Companhia reabre planta em Diamantino, que será a maior unidade de processamento de carne bovina da América Latina, com 3.000 colaboradores
Data: Segunda-feira, 20/11/2023 14:41
Fonte: Site JNMT com assessoria

A JBS, uma das maiores empresas de alimentos do mundo, anuncia nesta segunda-feira (20) a retomada das atividades da unidade da Friboi na cidade de Diamantino, em Mato Grosso, após o incêndio ocorrido em junho deste ano. Com capacidade instalada de processamento de 3.600 cabeças por dia, a fábrica será a maior de carne bovina da América Latina, com 3.000 colaboradores divididos em dois turnos.

 

A planta opera com capacidade inicial de processamento de 600 cabeças de gado por dia, chegando a 1.800 nas próximas semanas. Neste momento, Diamantino contará com apoio em atividades complementares de duas unidades da Friboi: as plantas de Barra do Garças (MT) e Campo Grande (MS). A etapa inicial prevê um investimento de R$ 300 milhões na fábrica. “Esse investimento reforça nosso compromisso com o desenvolvimento das regiões em que operamos. Só no Estado do Mato Grosso, já empregamos mais de 9,5 mil pessoas”, afirma Gilberto Xandó, CEO da JBS Brasil.

 

Além de equipamentos com tecnologia de ponta, a unidade retoma sua operação com estrutura para ampliar em 2,4 vezes o volume de processamento de bovinos em relação à capacidade anterior. Além disso, está preparada para o atendimento das principais exigências dos mercados internacionais, incluindo o processamento halal. “A fábrica de Diamantino está sendo equipada com o que há de mais moderno em automação e com a mais alta tecnologia em processamento e congelamento de carne bovina, com foco em produtos de valor agregado e produtos porcionados”, afirma Renato Costa, presidente da Friboi 

 

Estruturas inéditas

Com a conclusão das obras de ampliação da planta, em 2024, a unidade de Diamantino da Friboi vai dispor de estruturas inéditas, como um novo túnel de congelamento, um parque ampliado de embalamento de produtos a vácuo e uma área exclusiva para futura instalações de linhas específicas para produção de cortes bovinos porcionados.

 

As instalações têm o objetivo de, a longo prazo, contribuir com os planos de elevar a oferta de produtos com valor agregado da Friboi a partir da unidade. Segundo Renato Costa, a unidade de Diamantino exerce um papel fundamental na estratégia de crescimento da Companhia, já que fornece produtos para os principais mercados atendidos pela empresa, incluindo as linhas mais exigentes do portfólio da Friboi.

 

Liderança

Líder de mercado no país, a Friboi foi eleita pelo terceiro ano consecutivo em 2023 a marca de carnes mais lembrada do Brasil, segundo pesquisa Top of Mind realizada pelo Instituto Datafolha. A pesquisa, que possui a capacidade de retratar o cotidiano das pessoas e de apurar quais são os produtos e serviços mais presentes no cotidiano dos consumidores, é resultado de dados analisados por meio de entrevistas e pesquisas com milhares de pessoas em todo o país.

 

Sobre a JBS

A JBS é uma das maiores empresas de alimentos do mundo. Com uma plataforma diversificada por tipos de produtos (aves, suínos, bovinos e ovinos, além de plant-based), a Companhia conta com mais de 270 mil colaboradores, em unidades de produção e escritórios em todos os continentes, em países como Brasil, EUA, Canadá, Reino Unido, Austrália, China, entre outros. No Brasil, a JBS é uma das maiores empregadoras do país, com 152 mil colaboradores. No mundo todo, a JBS oferece um amplo portfólio de marcas reconhecidas pela excelência e inovação: Friboi, Seara, Swift, Pilgrim’s Pride, Moy Park, Primo, Just Bare, entre muitas outras, que chegam todos os dias às mesas de consumidores em 190 países. A empresa investe em negócios correlacionados, como couros, biodiesel, colágeno, higiene pessoal e limpeza, envoltórios naturais, soluções em gestão de resíduos sólidos, reciclagem e transportes, com foco na economia circular. A JBS conduz suas operações priorizando a alta qualidade e a segurança dos alimentos e adota as melhores práticas de sustentabilidade e bem-estar animal em toda sua cadeia de valor, com o propósito de alimentar pessoas ao redor do mundo de maneira cada vez mais sustentável.

 

Sobre a Friboi

Líder de mercado no Brasil e com mais de seis décadas de história, a Friboi revolucionou o segmento de proteína animal ao “descommoditizar” a carne bovina. Presente em mais de 150 países, conta com 37 unidades produtivas no país, responsáveis por produzir um dos portfólios mais completos do setor, que são comercializados sob as marcas Friboi, Reserva Friboi, Maturatta Friboi, Do Chef, 1953 e Black. A empresa também conta com programas customizados para clientes do varejo e atacado, como o Friboi +, seu Açougue Nota 10, presente em mais de duas mil lojas e que segue o mesmo padrão de serviço e atendimento, garantindo a melhor exposição dos cortes, apoio na gestão e melhoria na lucratividade do lojista.  

Em reconhecimento ao alto padrão de qualidade de seus produtos, a Friboi mantém importantes conquistas, como o selo “A Carne mais vendida no Brasil”, chancelado pela consultoria Nielsen. A Friboi foi certificada pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) como de Alto Renome. O selo conferido à marca garante a exclusividade de uso em qualquer segmento de atuação e garante critérios como o reconhecimento e a reputação associada à qualidade. O reconhecimento também foi reforçado com o título da Top of Mind 2021, 2022 e 2023, como a marca de carne mais lembrada pelo consumidor brasileiro.  

Com foco na garantia de origem, na qualidade e na segurança do alimento entregue ao consumidor, desde o bem-estar animal até a entrega do produto final, a companhia adota as melhores práticas de sustentabilidade em toda sua cadeia de valor, e monitora seus fornecedores de gado de forma constante por meio do uso de imagens de satélite, mapas georreferenciados das fazendas e acompanhamento de dados oficiais de órgãos públicos.  

Pela frente social, a Friboi apoia o projeto Instituto Chefs Especiais desde 2013, e é uma das patrocinadoras da Taça das Favelas, organizada pela Central Única das Favelas (CUFA) é considerada a maior competição entre comunidades do mundo.